Bruno Hildebrando

0
16

Por seu lugar ao sol.

Bruno Hildebrando é publicitário de formação, atua em IT mas não abandona jamais seu grande desejo de ser um artista próspero e reconhecido no Canadá.

Por Luciana Savioli, de Montreal

Ele tem uma figura formal, bem vestida e de cabelos bem alinhados. Quem vê o curitibano Bruno Hildebrando, 37 anos, não imagina que por atrás dessa capa um pouco sisuda, há um artista cheio de projetos e novas idéias fervilhando. Com sotaque carregado, jeito manso e uma determinação marcante, Bruno é dono de uma personalidade polivalente, criativa – e uma garra admirável.

Ao começar falar de seus projetos, nota-se o amor que tem por tudo o que faz, a dedicação e o empenho que emprega em todas as suas atividades, ora mais, ora menos prazerosas. Mas o paranaense vibra mesmo quando abre sua pasta e exibe com orgulho e cuidado seus desenhos – sua paixão declarada desde os 13 anos.

Vernisage: Tuna and Barracuda – by Bruno Hildebrando

A técnica dele consiste em uma mistura – como não poderia deixar de ser – de dois estilos de traço. “Uno o desenho feito à mão com o potencial que o computador trouxe”, define. Explicando melhor, Bruno usa programas de computador como o Photoshop e o Illustrator para trabalhar os desenhos que faz de próprio punho, como um pintor usa uma palheta ou um escultor usa o cinzel. “Pego um pedaço de papel, dou umas pinceladas e já imagino as texturas e o contraste que posso aplicar, como dar vida aos meus traços.” O resultado fica bem interessante e pode ser conferido no blog do artista (http://brunohildebrando.blogspot.com).

E quando perguntado sobre a diferença da cena cultura do Brasil e Canadá, ele afirma: “No Brasil, buscamos a nossa identidade cultural, nossas raízes ameríndias e africanas – estamos na tropicália! No Canadá a busca é mais por novas formas de expressão, novas cores, gostos e tendências.”

Como tantos outros brasileiros, Bruno arrumou as malas com destino às gélidas terras canadenses em 2003, quando passou seis meses em Toronto. Mas foi em 2006 que decidiu migrar de vez para o país – onde vive até hoje. “Vim buscar meu lugar ao sol. Queria expandir meus horizontes pessoais e profissionais.” E assim o fez, porém nesta segunda vez, Bruno escolheu a Belle Province para instalar sua casa, mais precisamente, a bela Montreal. “Aqui você tem o conforto da cidade grande aliado ao lado bom da cidade pequena. Além disso, Montreal é uma cidade com muita força cultural, repleta de shows e festivais..” O que mais esse espírito ávido por novos desafios e experiências poderia desejar?

Bruno

Hoje, mesmo trabalhando full time como analista de suporte de IT e sendo representante de alguns veículos da mídia, o publicitário não tira o foco do seu maior objetivo: o de ser conhecido – e reconhecido – como ilustrador e artista talentoso que é.

Em dezembro passado, montou uma exposição para mostrar seu trabalho e neste momento já está matutando em cima de outra! Mas ele tem gás para muito mais: “Quero continuar com meus projetos em publicidade e artes visuais; estou programando uma nova exposição, para a metade do primeiro semestre e também pretendo cursar um mestrado em breve”. Ufa! Achou muita coisa? Ele rebate com a categoria e determinação que lhe são típicas: “Vim para consolidar minha vida aqui. Quero alçar vôos mais altos.”