O Tom da vida do Louro José – Entrevista revisitada

0
111
Louro José – Foto enviada pelo Tom Veiga em outubro de 2007.

Há 13 anos atrás, através de uma amiga de infância que trabalhou no “Mais Você”, o programa da Ana Maria Braga, na Rede Globo, foi possível entrar em contato com o Tom Veiga (ator falecido no último dia 1/11) por e-mail e com isso fiz uma entrevista com ele (tudo autorizado pela diretoria dele).

No bate-bola de e-mails, ele foi muito carinhoso e atencioso comigo. O que a alma do agora eterno Louro José compartilhou na entrevista me impressionou pela simpatia e a forma em que colocou seu coração nas respostas. Foi uma experiência que me marcou muito.

Na época, eu era colunista do Brasil News, aqui em Toronto, e a matéria foi publicada na versão impressa do jornal. Como aquela publicação não existe mais e a entrevista nunca havia sido postada on-line, decidi postá-la aqui como uma homenagem a ele.

A entrevista foi em 2007, então algumas coisas do texto abaixo (datas, fatos, etc) são obviamente relacionadas à epoca.


Ele completou dez anos de existência em março passado. Na época em que o Louro José foi criado pela Ana Maria Braga, várias pessoas tentaram manipular o boneco, mas sem sucesso. Foi quando o então assistente de palco do programa de Ana, Tom Veiga, resolveu tentar. No começo, ele não foi muito bem, mas insistiu e a mágica aconteceu. O Louro José virou uma atração do programa “Note & Anote” e, após a mudança de canal (e até uma plástica), ele é um dos personagens mais famosos e queridos da TV brasileira.

Com o sucesso do Louro no “Mais Você”, da Rede Globo, surgiu um mistério, uma pergunta que muitos fazem: “Quem está por trás do personagem?” Nós não podemos mostrar foto do Tom Veiga, mas podemos apresentar a conversa que tivemos com esse paulistano de 34 anos, feliz e apaixonado. Ele falou sobre a carreira, o boneco, vida pessoal etc.

– O que você acha que estaria fazendo hoje sem o personagem?
Tom: Sinceramente não sei dizer, afinal, a vida da gente é uma caixinha de surpresas, mas com certeza estaria fazendo alguma coisa em TV ou até mesmo em rádio, que gosto muito também. Ou ainda estaria realizando um grande sonho, que é ser piloto de carros de corrida, mas isso é mais um sonho que trago comigo desde a infância… quem sabe um dia …(rsrs)

Famoso mesmo é o Louro José, o artista aqui é ele.

– Fazendo uma pesquisa na Internet sobre Tom Veiga, o que mais se acha são sites e grupos de discussão em que fazem a mesma pergunta: “Como é a aparência do Tom Veiga? O que você sente em relação a isso?
Tom: Acho que boa parte do sucesso do Louro se deve ao fato de eu não aparecer. Isso provoca o imaginário das pessoas e dá mais veracidade ao personagem. Além do mais, é ótimo poder sair à vontade nas ruas, sem causar tumulto. Afinal de contas, famoso mesmo é o Louro José, o artista aqui é ele. Prefiro que continue assim, cada um na sua.

– Como você se prepara em seu dia-a-dia? É muito dificil estar sempre com bom humor todos os dias, logo cedo da manhã?
Tom: Não tenho nenhum tipo de preparativo para trabalhar, rola tudo muito naturalmente. O problema é mesmo o horário do programa. A gente acorda e chega na Globo muito cedo e, realmente, é muito dificil estar bem humorado neste horário. Mas é tão gostoso e gratificante fazer o que faço que quando entro no estúdio pra trabalhar nem penso nisso, tudo acontece numa boa e é muito fácil fazer graça sendo feliz como eu sou.

– O que acontece quando você está doente ou por qualquer outra razão não pode aparecer?
Tom: Isso já aconteceu uma vez. Alguns anos atrás tive uma cólica renal muito intensa e acabei ficando internado por dois dias. No primeiro dia, um colega de trabalho tentou resolver a situação segurando o Louro, mas não conseguiu dizer nada porque não conseguiu fazer a voz do personagem. Foi realmente muito estranho. No segundo dia, a Ana Maria achou melhor dizer que Louro estava meio doentinho e que não tinha ido trabalhar e ficou tudo certo.

– Qual foi o momento mais importante em sua carreira como o Louro José?
Tom: O que mais me recordo aconteceu faz muito tempo, quando ainda estávamos na TV Record e o Louro ainda não era assim tão famoso. Próximo a época de Natal a gente fez uma brincadeira dizendo que o Louro não ia ganhar presente por que não tinha se comportado muito bem durante o ano. De repente, chega uma caixa na produção para o Louro José, era um presente muito importante, de um menino que na época tinha 6 anos e mandou o seu melhor carrinho (desses de coleção), muito bonito e bem conservadinho. Ele fez a mãe enviar o carrinho e uma carta na qual dizia que amava muito o Louro. Isso me emocionou demais. Só podia ser coisa de criança, que tem o coração puro. O Louro enviou um video-game pra ele. E o carrinho eu guardo até hoje num lugar muito especial.

– Qual foi o maior “mico” que voce já pagou por causa do personagem?
Tom:
Gravar externas com o Louro é sempre complicado, pois tenho que dar um jeito de me esconder das pessoas e das cameras. Já gravei enterrado na praia debaixo de um sol de rachar , em um tanque de tubarões, pendurado numa varanda e por aí vai …(rsrsrs)

Prefiro não fazer muitos planos para o futuro, vivo cada dia como se fosse o ultimo, afinal a gente nunca sabe o dia de amanhã.

– Sobre as viagens que vocês fazem, qual foi a que mais te marcou? Planos para o futuro?
Tom: Todas são maravilhosas, mas ao fazer uma série de matérias no Sul do Brasil, na época da série “A Casa das Sete Mulheres” (Globo), ganhei um presente de Deus, pois conheci a Alessandra, minha atual esposa, uma mulher fantástica que faz de mim o homem mais feliz do mundo. Minha mulher é tudo de bom na minha vida, me deu dois filhos maravilhosos, o Adrian e a Alissa, nossa familia é linda e muito feliz Amo preparar coisinhas especiais em casa pra minha mulher. Gosto muito de cozinhar e me divirto numa churrasqueira. Prefiro não fazer muitos planos para o futuro, vivo cada dia como se fosse o ultimo, afinal a gente nunca sabe o dia de amanhã. Pretendo continuar sendo feliz com meu trabalho, minha família e meus amigos.

– Gostaria de deixar alguma mensagem para os fãs brasileiros no Canadá?
Tom:
Gostaria muito de agradecer o carinho de vocês comigo e com a Ana. É muito gratificante saber que as pessoas gostam do que estamos fazendo, afinal, é tudo feito com muito carinho para o público de amigos brasileiros, dentro ou fora do Brasil. Beijos no coração de vocês e fiquem com Deus. Ainda não estive no Canadá , mas gostaria muito, estou esperando o convite … Quem sabe??!?!?!?! (rsrsrsrsrs)


Louro José com crianças na TV Globo em São Paulo – Foto enviada por Tom Veiga em 2007

Descanse em paz, Tom! Um beijo no coração.