Designer de moda luso-canadense conquista o palco mundial

0
188
Designer de moda Noele Baptista

Noele Baptista é originalmente da cidade de Kingsville, localizada no condado de Essex, no sudoeste de Ontário. Com uma população de 21.552 habitantes a cidade apresenta uma população de 305 falantes de português, de acordo com o censo do Canadá em 2016. Ela é designer de moda e uma das proprietárias da Windblown & Weathered, uma pequena loja de arte, roupas e decoração em sua cidade natal, de propriedade de sua mãe Susan Dupont Baptista.

Noele se formou no Programa Técnico de Design de Moda do St. Clair College. Muitos especialistas em moda expressaram seus designs de coleção como charmosos, bonitos e únicos.

“Noelzinha”, apelido que seu pai, o falecido Nick Baptista, criou para ela quando jovem, se tornou sua marca de moda em roupas, que ganhou fama e popularidade no Vancouver Fashion Week em 2019 e foi convidada para as passarelas nas quatro grandes capitais da moda no mundo: Nova York, Londres, Milão, Paris. As coleções de Nöelziñia foram modeladas na passarela de Los Angeles.

Noele está desenvolvendo atualmente peças para uma coleção de Paris, França e Londres, Inglaterra. Ela também está desenvolvendo uma linha de primavera/verão pronta para vestir (prêt-à-porter) para sua boutique e loja online.

Noele credita seu amor pelas artes à mãe, uma talentosa artista que sempre apoiou seu sonho de ser estilista e esse presente se tornou sua musa. Um fio comum em suas linhas é o elemento da arte vestida à mão e vestível. Depois de concluir o Programa Técnico de Design de Moda no St. Clair College em 2018, ela agora dedica seu tempo ao desenvolvimento de seu artesanato e negócios.

Noele está vivendo a cultura de navegadores portugueses de seu falecido pai, que era a vanguarda das explorações europeias no exterior que ficou conhecida como a Era dos Descobrimentos. Inspirada na cultura portuguesa, ela embarcou em uma jornada de exploração para encontrar as partes fragmentadas, preencher o vazio e reconectar-se espiritualmente.

Noele Baptista (terceira à esquerda) com sua coleção The Spice route. (Foto: arquivo pessoal)

Existem muitas coleções em seu design de moda. A coleção “The Spice Route” leva a Noele a investir mais em terras exóticas e distantes e nos portos da Spice Route, que mudaram para sempre o mundo. Desde velejar com os ventos alísios dos mares da China até o arquipélago indonésio, pela Índia, até as terras do Oriente Médio, até o Cabo da Boa Esperança na África e pelo Mediterrâneo até a Europa.

Peças da coleção The Spice route. (Foto: arquivo pessoal)

O falecido pai de Noele, Nick Baptista, era ascendente de Ílhavo, Aveiro, Portugal. Ílhavo é conhecida por sua pesca, o Museu Marinho e a indústria da porcelana. Os primeiros pioneiros da família Baptista entraram no Canadá por Halifax, Nova Escócia. Eles contribuíram com suas habilidades nas áreas de pesca, navegação marítima, agricultura e gestão de negócios no crescimento do sul de Ontário. A segunda e a terceira geração das famílias Baptista continuam a contribuir para o crescimento econômico do Canadá nas áreas de pesca, artes, música, engenharia, saúde, educação, indústria da beleza, design de moda, direito, serviço público, esportes e negócios em Leamington, no Condado de Essex, em Windsor, na região da Grande Toronto, e em Alberta. Nick era o capitão de um navio de pesca, chamado J & A Baptista, que ele herdou de seu pai.

A maçã não cai longe da árvore. O primo do falecido pai de Noele, Frank Baptista, também nascido em Ílhavo, Portugal, é o diretor da Wheatley Harbour Authority Corporation e o vice-presidente aposentado do Hike Metal Shipyard, que criou um legado nas turnês canadenses. Eles produziram a próxima geração de barcos para percorrer as cataratas de Niagara Falls do lado canadense , chamada “Hornblower”, cunhado como uma aventura que não se pode perder.

A coleção “Fleurs pressées” outono/inverno 2019/2020, ou “Pressed Flowers” é influenciada “pelo desejo de preservar belas memórias de temporadas há muito tempo entre as páginas de um livro precioso, fundindo o passado com o presente e desafiando a crueldade do inverno. Tem sido um fio comum em muitas culturas e épocas – uma prática em todo o mundo. Por que não podemos ter lindas flores no inverno e salvar momentos do passado para sempre?”, diz Noele Baptista.

Noele Baptista apresentando sua coleção Flores do Deserto. (Foto: arquivo pessoal)

A Coleção “Flores do Deserto”, ou “Flores del Desierto”, ilustra que as mulheres da tribo – dos ciganos na Espanha aos norte-americanos nativos e às tribos nômades pela África – são diversas e bonitas, são as “flores”. Durante uma coletiva de imprensa durante a Fashion Week em Vancouver, Noele afirmou o seguinte em um artigo postado por Jandrewspeaks, em 4 de abril de 2019: “Para mim, ser glamourosa é muito mais do que apenas olhar a parte – é preciso sentir. É a maneira como você anda e como se mantém. É sobre usar o que fala com você, para você.”

A moda é importante na sociedade porque permite que as pessoas expressem sua personalidade, unam as pessoas para celebrar suas diferenças, criatividade e individualidade. A melhor maneira de nos expressar é através da nossa moda. Para atender à demanda de amanhã, os designers de moda precisarão ser inovadores para apoiar o meio ambiente e a sustentabilidade. Haverá uma demanda maior por roupas devido a um aumento esperado de 400% no PIB mundial até 2050.

Segundo a Fundação Ellen McArthur, a produção de roupas dobrou nos últimos 15 anos, impulsionada por uma população crescente da classe média em todo o mundo e aumento das vendas per capita nas economias desenvolvidas. Um relatório constatou que a abordagem de problemas ambientais e sociais criados pela indústria da moda proporcionaria um benefício geral de US$ 192 bilhões à economia global até 2030. O valor anual de roupas descartadas prematuramente é superior a US$ 400 bilhões. Esta é a nossa oportunidade de fazermos as coisas melhores na solidariedade para o nosso planeta Terra.

Este artigo foi desenvolvido com o apoio do National Ethnic Press and Media Council of Canada, no âmbito do programa Local Journalism Initiative (LJI), fortalecendo a voz de pequenas comunidades de língua portuguesa em áreas remotas do Canadá. Atribuição Creative Common: CC by BrazilianWave.org 

_____________________

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da Brazilian Wave Magazine e de seus editores.