Poesia: Senhor Brasil – Homenagem a Rolando Boldrin

0
72
Poesia de Mário Borges: Senhor Brasil – Homenagem a Rodand Boldrin (Foto CC: Marco Aurélio Esparza)

Poesia: Senhor Brasil

Senhor Brasil, o acervo sem fim
Ouço músicas, causos e poemas
Através de Rolando Boldrin
Penso na vida, fatos e temas.
 
Transmitido pela Rede Cultura
Sendo um programa divertido
Com muita nostalgia e ternura
E seus convidados, todos os tipos.
 
Sua postura, suas declamações
Sua categoria de apresentador
Me trazem muitas recordações
Quando eu morava no interior.
 
Serestas, as noites aos luares
Banhos nos açúdes e pescarias
As pessoas, os tipos populares
As conversas na barbearia.
 
Beber o aperitivo no empório
A sala de aula quando menino
A igreja e seu oratório
As seis horas bate o sino.
 
Roda de músicos e compositores
A estréia de um filme no cinema
Os namorados enviando flōres
As senhoras tecendo rendas.
 
O senhor é a reserva de diamante
E nem todos podem enxergar
O seu declamar, o semblante
Sábios quem sabe te escutar.
 
Enfim, o senhor é a maturidade
Faz o domingo fenomenal
Na riqueza da simplicidade
Me recuso a mudar de canal.

Boldrin nasceu em São Joaquim da Barra, neto de imigrantes italianos, e foi o sétimo de doze filhos. Passou a infância na cidade de Guaíra e, ainda criança, formou a dupla musical Boy & Formiga com seu irmão Leili.

Aos 16 anos Boldrin mudou-se para São Paulo (capital) onde trabalhou em diversos empregos antes de ganhar um teste como ator para a emissora TV Tupi em 1958. Enquanto sua carreira de ator progredia, conseguindo papéis maiores em dramas de TV e novelas, ao mesmo tempo atuava como cantor e compositor, muitas vezes colaborando com sua esposa, a cantora Lurdinha Pereira, e às vezes colaborando nas partituras das novelas em que trabalhava como ator.

Na década de 1980 obteve grande sucesso como apresentador de talk shows, primeiro com o Som Brasil na TV Globo, e depois com outros programas com formatos semelhantes como Empório Brasileiro na Rede Bandeirantes e Empório Brasil no SBT. De 2005 até sua morte, ele apresentou o talk show da TV Cultura Sr. Brasil.

Durante sua carreira, Boldrin apareceu em mais de 30 novelas e gravou mais de 250 canções. Trabalhou também no cinema, no palco e na rádio. Ele morreu de insuficiência respiratória e renal, aos 86 anos.

Fonte: https://en.wikipedia.org/



SOBRE O AUTOR (clique aqui)

Gostou da poesia? Deixe abaixo — final da página — o seu comentário para o autor, Mário Borges . E não esqueça de “curtir” e “compartilhar” com amigos.

Brazilian Wave. Aqui você sempre encontra uma novidade.