Dicas sobre a cidade de Welland, Ontário

0
254

Bem-vindo à Welland, uma cidade bem estruturada e acolhedora que fica na província canadense de Ontário, na grande região de Niágara, internacionalmente pelo destacado turismo de Niagara Falls. Por suas qualidades na história do Canadá e oferta de programas nas várias estações do ano, Welland atrai o interesse de turistas nacionais e estrangeiros. Por contar com uma comunidade que valoriza a qualidade de vida, o acolhimento e a integração cultural, Welland atrai o interesse de famílias que buscam um lugar tranquilo para criarem os filhos e com preços bem mais accessíveis que Toronto, para se viver.

A identidade de Welland, historicamente associada ao desenvolvimento comercial e industrial da região proporcionado pelo Canal Welland, amplia-se nos tempos mais atuais. Hoje, a cidade reforça o turismo como atividade econômica e promove o reconhecimento do título de Cidade das Rosas, juntamente com a qualidade de suas atividades esportivas e de lazer.

A Cidade do Canal

A cidade destaca-se pela presença de duas importantes vias marítimas: o Welland River e Welland Canal, que tornaram possível a navegação entre o Lago Ontário e o Lago Erie (175m acima). Quase 200 anos depois, Welland ainda sustenta a atividade e a qualidade da engenharia presente nos oitos portões das eclusas ao longo de todo o canal.

Vale saber que a cidade recebeu o nome de Welland por conta do canal, assim batizado por conta do rio, originalmente denominado Chippawa Creek, por desaguar no rio Niagara em Chippawa. Em 1972, o rio foi redenominado por John Graves Simcoe, o primeiro vice-governador do Alto Canadá. O nome Welland repetiu o nome de outro, em Lincolnshire, na Inglaterra.

O projeto de desvio do canal, por suas águas calmas, permitiu o desenvolvimento do turismo recreativo e a realização de eventos esportivos aquáticos em Welland, como o kayaking e o canoeing. O ice fishing acontece no inverno, com as águas já congeladas.

Em termos recreativos, tem destaque o Welland Float Fest, que acontece ao longo de um dia, no verão. Crianças, jovens e adultos se divertem ao descerem o curso das águas em infláveis. Em 2017, uma linha deles formada ao longo de 165 metros, colocou o FloatFest no Guinness Book, o livro dos recordes.

Um dos pontos mais procurados da cidade é, sem dúvida, a Bridge 13, para fotos e selfies. Uma colorida iluminação a base de LEDs atrai os visitantes e moradores para novos enquadramentos sob o espetacular e diferenciado brilho da noite.

A Cidade das Rosas

Em 1921, um concurso de redação nas escolas da cidade envolveu as crianças para a escolha de uma flor para representar a cidade. A rosa saiu vencedora, com boa dose de argumentação de um pequeno e persuasivo escritor. Muitos anos depois, em 1992, uma rosa matizada de vermelho, amarelo e laranja foi oficialmente eleita como The Official Welland Rose, simbolizando as muitas etnias e culturas presentes na história e na atualidade de Welland.

Com o apoio dos moradores da cidade, o Welland’s Rose Festival acontece há quase 60 anos. O Festival das Rosas desenvolve-se com atividades esportivas, artísticas e de lazer e vai ao longo de todo o mês de junho, quando arbustos floridos enriquecem a festa e chamam a atenção do público. Ponto alto do festival, a Rose City Parade conta com apresentação de bandas marciais, trupes de dança, grupos multiculturais. Também, com o brilho da Rose Queen e de sua grandiosa corte. As atividades ao ar livre são um sucesso destacando-se o kayaking, canoeing, hiking, ciclism, fishing e picnic.

Welland na pós-pandemia

Para enfrentar esta difícil situação gerada pela COVID-19, O Welland Museum está desenvolvendo um projeto chamado All Welland Good Neighbour, de forma a reunir boas histórias, compartilhar caminhos e promover a positividade junto aos moradores da cidade. O projeto quer também, deixar registros do que será historia daqui a algumas décadas. Por meio de fotos, vídeos e outros meios, coletam histórias e registram sentimentos e sensações do momento atual, com o propósito de formar uma memória material dos significados e dos caminhos de enfrentamento, de solidariedade e de superação da pandemia pela comunidade de Welland.

O prefeito de Welland reforça o compromisso de retomada dos programas e atividades comunitárias na fase pós- pandemia, voltados à valorização de estilos de vida saudáveis e ao fortalecimento da inclusão social. Também, convida moradores e vizinhos, visitantes e turistas que ainda não conhecem Welland, a acompanharem os movimentos de abertura da cidade pelo site www.welland.ca e nas redes sociais.

Welland, vale saber

Distancias – está a 80Km de Toronto, a 392 km de Ottawa e a cerca de uma hora de carro das cidades vizinhas: Niagara-On-The-Lake, St. Catharines e Port Colborne.

Clima – úmido em todas as estações do ano, com primaveras amenas e verões quentes, podendo alcançar 25 °C. Os outonos são frios, mas é no inverno que a neve se pronuncia ( temperatura média de -4,7 °C em janeiro).

População – em torno dos 50 mil habitantes, com predominância de canadenses de origem inglesa (25%) e francesa (23%). Cerca de 20% da população tem acima de 65 anos.

Educação – a oferta de boas escolas abrange o sistema completo: do kindergarten até o Grade Eight, Colleges e Universidades.

Mercado dos pequenos produtores – produtos frescos, comidas, vinhos Niagara, etc.

Parques –são mais de 350 acres de belos parques, além de trilhas e espaços verdes o longo do canal, citando-se no centro, o Merrit Park e o Chippawa Park.

Trilha recreativa de longo percurso – a Welland Canal Parkway Trail começa na cidade de St. Catharines, no Lago Ontário, e termina em Port Colborne, no Lago Erie. As seções da trilha localizadas dentro de Welland passam pelo centro e são pavimentadas.

Turismo genealógico – a comunidade francesa local abre oportunidades para este nicho de turismo, dinâmico na Europa e crescente na América do Norte. Os bisavós e tataravós que ajudaram na construção do Canal de Welland representam uma singular conexão histórico-familiar para milhares de francófonos.

Wine Ice – este tipo de vinho “de sobremesa” de sabor doce e concentrado é produzido a partir de uvas congeladas ainda na videira. Tours a diferentes vinícolas para conhecimento de vinhedos e de processos de produção deste vinho diferenciado vem impulsionando o turismo na região de Niágara.

Que tal um passeio por Welland e praticar um pouco o seu inglês :-))
Veja os vídeos abaixo