Bebel Gilberto canta em Toronto e Montreal, dias 8 e 9 de julho

Quando as pessoas me perguntam que tipo de música eu faço, qual é a fonte da música, eu apenas digo: "É música Bebel, é som Bebel".

0
41
Bebel Gilberto em tourné no Canadá. Shows em Toronto e Montreal

Bebel Gilberto é música de corpo e alma. Filha de João Gilberto, o pai da bossa-nova, e da cantora Miúcha, Bebel desenvolveu a sua assinatura artística como cantora, compositora e produtora musical.

Bebel nasceu em 1966 na cidade de Nova York, onde seu pai e sua mãe moravam na época. Depois de separados, eles passaram a criá-la nos EUA e no Brasil. Aprendeu a cantar com mãe, Miúcha (irmã de Chico Buarque) e ainda criança já participava de musicais profissionais infantis.

Sempre rodeada por expoentes da música brasileira e internacional, Bebel cresceu entre palcos e bastidores, e essa familiaridade com o ambiente musical dentro e fora de casa a levou, inevitavelmente, a trilhar uma carreira artística.

Bebel era uma grande amiga de Cazuza e compôs várias músicas com ele, além de “Eu preciso dizer que te amo“, incluindo “Amigos de Bar“, “Mais Feliz” e “Mulher sem Razão“.

Depois de uma pausa musical de cerca de seis anos, que se seguiu à perda de seu pai, sua mãe e amigos próximos, Bebel se relança com o álbum Agora (Now).

Em entrevista à revista Forbes Bebel comenta que o álbum foi feito logo após a morte do meu pai. “Eu ia dizer antes, mas na verdade foi depois. Então, isso me manteve ocupada, nesses momentos difíceis para mim, com a minha mãe, meu pai, todas as doenças, tudo que estava envolvendo aquela situação. E aí eu pensei que seria o momento perfeito para o outono do ano passado (2019), mas por algum motivo foi decidido que seria agora em maio e aí tivemos aquela pandemia. Aqui estamos.”

Quando perguntada na entrevista se algumas músicas do álbum Agora foram escritas para o pai, de forma catártica, Bebel confirma. “Sim, principalmente na música O Que Não Foi Dito. Eu falo muita coisa, mas não sabia que ele ia nos deixar tão cedo, tão cedo. Depois que meu pai morreu, fiz uma homenagem aos 60 anos da Bossa Nova e depois fui aprendendo a cantar as músicas do meu pai depois que ele faleceu porque eu tinha uma homenagem a ser feita.”

Mais madura em sua carreira, a Bebel de hoje se mostra mais confortável com o legado de sua família e, com naturalidade, confirma um novo momento. “Com certeza, mas o mais engraçado é que eu estou me tornando mais Bebel do que nunca. Quando as pessoas me perguntam que tipo de música eu faço, qual é a fonte da música, eu apenas digo: “É música Bebel, é som Bebel”.

A tour de Bebel Gilberto pela américa do norte passa por Toronto, Montréal, Nova Iorque e Washington.

Veja aqui como comprar tickets para os shows de Toronto e Montreal.

Veja também outros eventos brasileiros no Canadá, nesse verão.