Como obter sucesso em uma universidade canadense

0
10

Por Alexandra Guerson*
Versão em Português – Paula Mazulquim

Com a chegada de Setembro, vão-se os longos dias de verão e inicia-se um novo ano acadêmico. Para muitos imigrantes, pode ser o primeiro contato com o sistema candense de educação e um período de muitas incertezas. Insegurança com o idioma e o medo do desconhecido podem desanimar durante o primeiro ano na universidade. Mas não se assuste! As universidades canadenses são estruturadas para ajudar o estudante a ter sucesso. Entretanto, você deve evitar os erros comuns cometidos por estudantes ano após ano.

A administração do tempo, por exemplo. Muitos professores exigem que leituras sejam feitas como preparação para cada aula e trabalhos levam tempo para serem feitos de maneira adequada. Shannon McSheffrey, professor e dono da cadeira de História da Universidade de Concordia em Montreal, ressalta que a inadequada administração do tempo é um dos erros mais comuns entre estudantes. “Ao invés de desenvolver um trabalho mais constante durante o semestre, estudantes muito frequentemente esperam até o dia anterior ao prazo final para a entrega do trabalho, e por isso fazem um traballho inadequado”, finaliza McSheffrey. Eu mesma, que já corrigi inúmeros trabalhos, posso assegurar que é muito fácil dizer quais os estudantes que escreveram seus trabalhos no último minuto”.

Outro erro comum é não procurar ajuda quando necessário. Bons professores tentarão ser o mais claro possível com relação à suas expectativas e, frequentemente, estão abertos à perguntas. Os mesmos, são obrigados a cumprir horas de plantão para que, uma vez por semana, os estudantes possam ir até eles tirar dúvidas. Muitos estudantes não aproveitam esta oportunidade. O meu próprio supervisor na Universidade de Toronto, não raras vezes, reclama que não consegue fazer com que todos os seus estudantes os visite fora da sala de aula. De acordo com a professora de História Espanhola da Universidade do Texas em El Paso, Dana Wessell Lightfoot, os seus estudantes deveriam comparecer mais à sua sala quando os mesmos têm questões ou estão passando por algo em suas vidas pessoais que esteja comprometendo seu desempenho acadêmico. “Os meus estudantes me pedem desculpas por me ‘incomodar’ durante as minhas horas de plantão e eu sempre digo a eles que este é o meu trabalho! Eu estou aqui par ate ajudar da melhor maneira possível”.

Parte do meu próprio sucesso como estudante aqui no Canadá eu devo à ajuda e generosidade dos meus professores, que leram rascunhos dos meus trabalhos, apontaram erros e me deixaram concertá-los para depois entregar oficialmente. Claro que para isso você precisa colocar em prática uma boa administração do tempo, uma vez que você precisa fazer o seu trabalho duas semanas antes para que tenha tempo de mostrar para o professor e ainda fazer correções antes do resultado final ser apresentado. Eu sempre estimulo meus estudantes para me procurar sempre que eles tiverem uma pergunta ou precisarem de ajuda.

Seja para aprimorar os estudos que você iniciou no Brasil ou iniciar uma nova carreira, faça à você mesmo um favor: aproveite ao máximo o seu tempo na Universidade. Conheça os seus professores, pergunte, torne-se íntimo do material de estudo e aloque apropriado tempo para escrever os trabalhos. Mostre que você realmente pensou à respeito do que você aprendeu. As recompensas virão.

*Alexandra Guerson é Bacharel em Artes pela Universidade Concordia de Montreal e está finalizando seu PhD em História pela Universidade de Toronto. Nas horas vagas ela escreve em seu blog http://guerson.wordpress.com