Estou te olhando – foto poesia para começar bem a semana

Todos os domingos, você encontra aqui uma nova foto poesia para inspirar a sua semana. Roberto Solano dá asas à imaginação e transforma fotos significativas em pura poesia, buscando como ele mesmo diz, "o riso leve, a leitura breve, o prazer do escrito, se possível nas estrelas". Aproveite!

4
46
Uma coruja ccom delicadas penas cinzas e brancas e olhar profundo compõem a imagem. Seus dois olhos amarelo-mostarda possuem um delineado preto que aumenta o mistério do olhar da ave.
Foto poesia Estou te olhando. Texto e voz: Roberto Solano. Foto: Joel Schiavinato Trentin

Estou te olhando – voz e texto de Roberto Solano

Estou te olhando

Estou te olhando
Não pense que escapas
Estou de olho em você
Nem tente disfarçar
Estou te olhando

Não vejo teu rosto
Nem teu nariz torto
Muito menos a boca fina
Vejo teus pecados

Eu estou te mirando
Dentro da tua alma pesada
Vejo o que ninguém vê
Não vou te julgar não

Só estou te olhando
Pode chorar tuas culpas
Eu não as contarei
Só estou te olhando
Pecador


Sobre o autor:
Meu nome de batismo é Roberto Solano Carneiro de Novaes, nascido e criado no Rio de Janeiro, filho de um casal Pernambucano que migrou para o sudeste. Já o meu nome no colégio era, simplesmente, Solano, lá no magnífico colégio de São Bento, onde a minha personalidade foi moldada pela disciplina e pelos estudos.

Nunca fui um bom aluno, preferia o futebol e os amigos, fiz a minha educação emocional nesse terreno fértil dos beneditinos. Lá eu tive um professor de português que me abriu para o mundo das letras. Com um pé na criação, no imaginário, me fez crescer flutuando nas possibilidades infinitas até eu ler João Guimarães Rosa, onde eu descobri a perfeição. Depois, me veio a poesia. Pelas mãos de um tio distante (Manuel Bandeira) e esbarrando no Carlos Pena Filho, fui achando meu cantinho literário.

Hoje, já aposentado da engenharia, me divirto criando personagens e escrevendo sobre outros que, afortunadamente, esbarrei na vida real. O que procuro é a emoção no mais simples possível: o riso leve, a leitura breve, o prazer do escrito, se possível nas estrelas.

Gostou da poesia? Deixe abaixo — final da página — o seu comentário para o autor, Roberto Solano. E não esqueça de “curtir” e “compartilhar” com amigos.

Brazilian Wave. Aqui você sempre encontra uma novidade.

Você leu/escutou Estou te olhando— foto poesia para começar bem a semana.
Te esperamos na próxima!

Leia e ouça outras foto poesias de Roberto Solano

4 COMENTÁRIOS

DEIXE SUA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui