Marcello Antony – O ator brasileiro se reinventa em Portugal

Empresário no Brasil e em Portugal, o ator direciona a sua carreira também para o mercado imobiliário de luxo.

Marcello Antony, 59 anos, ator brasileiro, protagonista de papéis inesquecíveis da teledramaturgia é, sem dúvida alguma, um profissional com muita versatilidade. Isso porque, além de se dedicar às Artes Cênicas, ele vem se destacando, já há algum tempo, como empresário do ramo gastronômico, tanto no Brasil, quanto em Portugal – local onde está vivendo atualmente. Recentemente, lançou-se como agente imobiliário do mercado de luxo em âmbito mundial.

Marcello Antony, ator e empresário: “A experiência de morar aqui (em Portugal) está sendo ótima e estou muito feliz” (Foto: @joannacorreia_)

O astro da TV brasileira se mudou há seis anos ao país lusitano com a família, a esposa Carolina Antony, os filhos e os enteados, em busca de mais segurança e tranquilidade, e afirma que está muito satisfeito com o que encontrou por lá. “Eu resolvi mudar de vez para o país, muito em função dos meus filhos, pela segurança e qualidade de vida. Está sendo uma experiência sensacional!” – enfatiza.

Antony conta que, apesar de estar feliz na Europa, o mercado de trabalho para um ator em Portugal é menor que o brasileiro, tanto que, em seis anos vivendo por lá, ele fez somente uma novela. “O Brasil é um país de quase 220 milhões de habitantes, Portugal tem 10 milhões, então o mercado de trabalho aqui é muito restrito. É muito difícil trabalhar aqui na minha profissão” – conta.

Ele buscou então investir em outras oportunidades fora a profissão de ator, uma delas enveredar como empresário pelo ramo gastronômico. Isso, porém, aconteceu ainda em 2016, antes da sua mudança para Portugal, quando Antony e a esposa Carolina Antony, que é chefe de cozinha, resolveram montar uma hamburgueria inspirada na cultura jamaicana no Rio de Janeiro, a Yámã Burguer Vibration, que já faz muito sucesso por lá.

Já em Portugal, ele e a esposa Carolina resolveram montar, em 2023, um restaurante de cozinha internacional em Lisboa o Maria Escandalosa, com uma proposta diferente e dedicada às mulheres que desafiam as convenções. O local, que tem como chefe de cozinha a esposa do astro, é uma mistura entre o sagrado, a boemia profana e a arte, onde os pratos são divididos por atos. Em pouco mais de um ano de funcionamento, o estabelecimento já está entre os mais destacados do país, sendo muito elogiado pelos críticos gastronômicos.
Apesar de tantas empreitadas, Marcello Antony não parou por aí e resolveu enveredar também pelo setor imobiliário de luxo mundial, uma vez que possui habilidade para se comunicar, uma paixão por design e arquitetura, além de uma ampla rede de contatos em Portugal. Recentemente, ele se tornou um agente da “The Agency”, uma das principais imobiliária de luxo do setor, onde provavelmente será um dos destaques do segmento.

Antony falou ainda sobre vaidade, redes sociais, sobre como lida com possíveis críticas, haters e muito mais… Confira!

ENTREVISTA COM MARCELLO ANTONY

WAVE – Você está vivendo em Portugal com a sua família há 6 anos, desde que foi ao país para fazer a novela “Valor da Vida”, da TVI. Por que você resolveu mudar de vez ao país, como está sendo a sua experiência de morar na Europa e a receptividade do povo português?
MARCELLO ANTONY – Agora em maio, fez seis anos que eu estou morando em Portugal. Eu resolvi mudar de vez ao país muito em função dos meus filhos, pela segurança e qualidade de vida. Está sendo uma experiência sensacional. A receptividade é maravilhosa porque eu sou bem conhecido aqui na rua por causa das novelas. E não só pelo povo português, mas também pelo povo angolano, caboverdiano, russo, cubano e da América Latina em geral. Muita gente assiste às novelas brasileiras, então, eu sou bem reconhecido e isso me deixa muito gratificado. A experiência de morar aqui está sendo ótima e estou muito feliz.

WAVE – Os atores brasileiros são muito reconhecidos e admirados em Portugal. Como você vem sentindo o mercado de trabalho para um ator estrangeiro no país e o que ele difere do mercado brasileiro?
MARCELLO ANTONY – O mecanismo de fazer novela em Portugal não difere muito do Brasil. Há excelentes profissionais aqui, só que o mercado de trabalho é muito restrito, muito pequeno. O Brasil é um país de quase 220 milhões de habitantes e Portugal tem 10 milhões de habitantes, então é muito difícil trabalhar aqui na minha profissão. Tanto é que eu estou aqui há seis anos, só fiz a minha primeira novela há cinco anos e não trabalhei mais no mercado português.

WAVE – As novelas brasileiras tiveram algumas mudanças com o passar dos anos, tanto que muitas reprisadas no canal “Viva” estão tendo mais audiência que algumas do horário nobre. Na sua opinião, essa tendência se deve pelo enredo atual ou pelo formato mais reduzido em capítulos?
MARCELLO ANTONY – É, realmente, nesses seis anos que eu estou aqui, eu não saio das reprises de novelas brasileiras. Não é exagero falar isso, pois eu tenho passado aqui, uma atrás da outra. As pessoas têm visto muitas reprises de novelas. Eu não sei qual o motivo. Talvez pela concorrência do streaming, as novelas antes paravam o Brasil, com quase 200 capítulos. Hoje, por mais que se reduzam os capítulos, as pessoas estão mais interessadas no imediatismo das redes sociais. Eu acho que o streaming também é um grande concorrente das novelas, os enredos também têm se igualado quase a um cenário jornalístico. Se perdeu um pouco daquele glamour que tinham nas novelas antigamente. Então, esses são os fatores realmente que atrapalham essa estabilidade das novelas e elas têm perdido audiência por isso.

WAVE – Você vem fazendo alguns trabalhos em streaming nos últimos anos. Você acha que esta modalidade é a opção preferida do público no momento? Ele veio para ocupar de vez o lugar da TV aberta ou eles não são concorrentes?
MARCELLO ANTONY – Realmente, eu fiz alguns poucos trabalhos em streaming. Inclusive agora em abril estreou na Max, o “Da Ponte Pra Lá” O streaming é um grande concorrente da televisão. Esse formato acho que está sendo mais adequado para o grande público do que as novelas, que antes tinham muitos capítulos.

WAVE – Qual a sua opinião sobre as redes sociais para a carreira do artista?
MARCELLO ANTONY – Eu acho que a rede social é inevitável, hoje em dia, e é muito importante na carreira de qualquer artista. É uma forma para ele se comunicar com seus fãs, de ser visto e de compartilhar os os seus pensamentos. No meu caso, por exemplo, principalmente porque eu parei de fazer novela, é uma maneira das pessoas verem como eu estou. Elas estão querendo saber de mim, estão com saudade. Tem muito apelo para que eu volte a fazer novelas, mas isso é uma coisa que não depende de mim, pois eu dependo de convites para que isso seja feito, e eu acho que eles não existem mais. Eu não sei explicar o porquê. Então, por meio das redes sociais eu posso estar em contato direto com o público que gosta de mim.

WAVE – As críticas e os haters te incomodam? Como você lida com isso nas suas redes sociais?
MARCELLO ANTONY – Não, eu não tenho nenhum problema com haters e críticas. Eu tenho consciência do meu tamanho e do meu trabalho. Sempre que aparece um desavisado desses, eu simplesmente bloqueio e ignoro essa pessoa. Não tem por que entrar na minha rede social para falar mal de mim, né? Eu acho que uma pessoa que se presta a esse papel não merece atenção.

WAVE – Você se considera um homem vaidoso? O que você faz para manter a sua saúde, a beleza e a jovialidade?
Marcello Antony – Eu acho que todo ser humano é um pouco vaidoso, sim. Eu acho que isso é até necessário para nossa vida, isso é vital! Mas, a minha vaidade não é uma coisa que me leva a extremos. Eu tenho uma alimentação regrada mas, de vez em quando, ataco um fast food. Eu sou humano (rs!). Eu não fiz nenhuma intervenção cirúrgica para mudar a minha característica, a minha personalidade. Se eu tiver que fazer alguma intervenção cirúrgica vai ser por causa de algum problema de saúde. Eu acho que a jovialidade também passa muito pelo pensamento positivo, por uma mente aberta e por ter fé na vida, principalmente.

WAVE – Quais são os seus projetos atuais e os próximos?
MARCELLO ANTONY – Pelo meu lado artístico, tem a série “Da Ponte Pra Lá”, que é muito interessante e estreou na Max agora em abril. Eu espero que todos gostem. Mas os meus planos e projetos estão também muito atrelados ao meu lado empresarial, com a gastronomia. A minha mulher é chefe de cozinha e nós temos um restaurante aqui em Portugal e outro no Rio de Janeiro e eu a ajudo bastante nesses empreendimentos. Eu também entrei recentemente no mercado imobiliário de alto luxo mundial e sou um agente da “The Agency”.


Advertisement

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here