Incêndio no apartamento

0
882

Por Marta Almeida

Fabrício, como muitos brasileiros que vieram ao Canadá em busca de dólares e oportunidades, conseguiu com rapidez e bons contatos fazer muito dinheiro na construção civil. brasieVida dura, muito trabalho pesado e falta de tempo para aprender o inglês – esta era a rotina do baiano que dividia um pequeno apartamento com mais 4 brasileiros em situação bem semelhante.

Como ninguém é de ferro, nos fins de semana, os 5 amigos, sempre que podiam, faziam um churrasquinho na varanda do apartamento. No verão então, com as noites ensolaradas em Toronto, a farra começava na sexta e só terminava domingo, sempre regada a muita cerveja. O churrasquinho de uma sexta-feira já estava quase acabando quando a churrasqueira deu um curto circuito. Fumaça, fogo e desespero. Enquanto os amigos tentavam controlar a situação, Fabrício saiu em disparada para a portaria do prédio em busca de ajuda e por sorte um carro da polícia estava parado por perto.

– Fogo! Fogo seu guarda! Lá em cima no meu apartamento, acuda homi! – O baiano estava tão agoniado que só conseguia falar em português.

O policial claro, não entendeu nada e tentou acalmar o rapaz.

– What happened? Take it easy…

O jeito foi improvisar. Fabrício pegou um isqueiro acendeu, apontava para o apartamento e soprava, como quem diz: fogo lá em cima, tem que apagar…

Foi uma luta, mas o policial entendeu – porém não por causa do isqueiro, mas porque viu a fumaça saindo do apartamento. Acionados, logo chegaram os bombeiros que rapidamente controlaram o fogo, que por sorte não se alastrou pelo apartamento. Depois do aperto, Fabrício não teve dúvidas, diminuiu a frequência dos churrasquinhos e se matriculou num curso de inglês nos fins de semana.


O Nem te Conto é baseado em fatos reais vividos por brasileiros no Canadá, mas os nomes e as características são fictícios.