Uma visão de futuro para o Canadá

Orçamento do Canadá para 2024 prioriza habitação e melhoria na qualidade de vida

Julie Dzerowicz, Membro do Parlamento por Davenport, conversou com a Wave Magazine e disse que o orçamento do governo para 2024, denominado “Justiça para todas as gerações”, visa a ampliação da oferta de moradias e no desenvolvimento econômico e social.

O orçamento federal do Canadá para 2024, divulgado em abril, prioriza o aumento da oferta de moradias e o crescimento econômico sustentável do país.

“Estamos tentando garantir que continuemos a construir um Canadá onde todos possam ter uma vida boa, alcançar o melhor do seu potencial e encontrem boas perspectivas econômicas para filhos e netos”, disse Julie Dzerowicz, MP por Davenport.
Dzerowicz disse à revista Brazillian Wave que cada geração deveria ter uma chance justa de progredir, e uma das maiores pressões sobre as pessoas no momento é o custo de moradia.

“Quer você tenha 20, 40, 60 ou 80 anos, a questão número um é a moradia, porque é muito cara.”

A representante do partido Liberal disse que as medidas de apoio à habitação no orçamento resultarão num aumento da oferta de moradia em Toronto a um ritmo mais rápido.

“O que fizemos para acelerar o processo foi fornecer incentivos ao município para acelerar a aprovação das licenças de construção porque a cidade demorava anos nesse processo.”

Dzerowicz explicou que o governo fornecerá mais recursos para investimento em habitação na condição de que o município melhore seus prazos.

“O que dissemos é que daremos mais dinheiro para habitação e moradias populares se o município conseguir reduzir o tempo de licença de um ano e meio para menos de seis meses”, e acrescentou que assim o governo poderá ampliar a oferta de moradia mais rapidamente.

Dzerowicz disse que a razão pela qual existe uma crise de oferta de moradia no momento é porque todos os três níveis de governo pararam de investir em habitação por décadas.

“Além disso, estamos trazendo muitos novos imigrantes para preencher vagas no mercado de trabalho, porque os canadenses estão se aposentando e a taxa de natalidade é muito baixa.”

Uma parte significativa das despesas previstas no orçamento de 2024, da ordem de 52,9 bilhões de dólares, serão direcionadas para o recém divulgado Plano de Habitação do Canadá.

O plano detalha a estratégia do governo visando a construção de 3,87 milhões moradias até 2031.
Para Dzerowicz, um dos pontos-chave do plano federal de habitação que deve acelerar a oferta de moradia é a segmentação dos gastos.

“Agora temos três linhas de investimento cobrindo as áreas de construção de novas habitações, politicas de aluguel, e moradia popular para idosos, estudantes a deficientes com baixa renda.”

Dzerowicz destacou que outra contribuição prevista no plano é o rápido levantamento de todas as terras federais de propriedade do governo em disponibilidade.

“Temos muitos terrenos no centro de Toronto, nos subúrbios e em áreas rurais que não estão sendo usados e poderiam ser transformados em moradias populares.”

Dzerowicz disse que o governo prevê um investimento substancial em habitação no orçamento deste ano, mas observou que os gastos federais no setor não começaram agora.

“Se você prestar atenção, verá que há muitas novas moradias já estão sendo construídas em Toronto e na grande Toronto (GTA)”

Apesar do foco em habitação, Dzerowicz observou que há também vários compromissos previstos no orçamento deste ano que vão “aumentar a quantidade de dinheiro nos bolsos dos canadenses.”

“Temos mais de 600 mil canadenses com deficiência e estamos dando a eles 2,4 mil dólares adicionais por ano, o que equivale a mais 200 dólares por mês.”

Dzerowicz também mencionou o investimento previsto para a primeira fase do plano nacional de cobertura de despesas com medicamentos, conhecido como Pharmacare.

“Nessa fase vamos fornecer anticoncepcionais para mulheres e medicamentos para diabete gratuitamente em todo o país.”
Dzerowicz destacou que orçamento também contém previsão de gastos em áreas estratégicas da economia, tais como um investimento significativo no setor de Inteligência Artificial e créditos fiscais para investimentos na cadeia de produção de veículos elétricos. “Estamos investindo muito dinheiro na transição para a energia limpa e economia de baixo carbono.”

A parlamentar ainda destacou a continuidade dos investimentos nas áreas de ciência e tecnologia, incluindo o apoio a programas de treinamento e formação de trabalhadores para atuar em setores ligados a transição para tecnologias limpas.
“Investimos muito dinheiro para garantir que a nossa economia seja saudável hoje e amanhã.”

Advertisement

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here