Visite Paris, Atenas, Londres, Straford e Deli, sem precisar sair da província de Ontário

0
46

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, ficou difícil
fazer viagens internacionais e até mesmo provinciais. A boa notícia é que você pode conhecer lugares como Bruxelas, Lisboa, Melbourne, Dublin entre outros, sem precisar sair da província de Ontário.

A cidade de Kitchener já foi Berlim no passado, senão estaria nesta lista também.

Eu mesmo já fiz isso. Há alguns anos, eu e meu marido alugamos um carro e visitamos Londres, Paris, Viena e Copenhague, tudo em um fim de semana!


A Wave separou algumas cidades que valem uma visita: Paris, Atenas, Londres, Stratford e Déli.

Paris, Ontário

Vista da pequena Paris, Ontário, às margens do rio Nith. (Foto: Mary Margaret Peralta)

Se você prefere dizer que foi a Paris, a pequena cidade fica no caminho entre Toronto e Londres, perto de Hamilton.

A pequena Paris foi batizada em homenagem aos depósitos de Gipsita que haviam ali perto, usadas para fazer o chamado “gesso de Paris” ou o “branco parisiense”.

A cidade foi eleita a “Pequena Cidade Mais Bonita do Canadá” pela revista Harrowsmith e vale uma visita, seja para fazer compras na rua principal, remar pelo Grand River ou caminhar pela rede de trilhas do Baker’s Bush.

Uma curiosidade sobre Paris. Enquanto o telefone foi inventado por Alexander Graham Bell, em 1874, na vizinha Brantford, a primeira transmissão à distância foi feita entre Brantford e Paris, em 3 de agosto de 1876.

Atenas, Ontário

Detalhe de mural na pequena cidade de Athens, Ontário. (Foto: Pinterest)

A antiga Farmesville foi rebatizada Athens em 1888 por Arza Parish. A pequena cidade com pouco mais de 3 mil habitantes fica perto de Brockville, a 90 quilômetros ao sul de Ottawa, quase na fronteira com os Estados Unidos.

Atualmente, Athens é conhecida pelos grandes murais que retratam a vida histórica local, pintados no lado de fora de vários edifícios.

London, Ontário

Université Western Ontario à London, Ontario. (Photo: Md. Kamrul Hasan)

Apelidada de “Cidade Floresta”, a nossa Londres também tem o seu rio Tâmisa (Thames). Isso se deve ao John Simcoe, o tenente governador da província, que nomeou o local e rio com a ideia de que ali fosse estabelecida a capital da então província de Upper Canada.

Londres não veio a ser a capital, mas hoje é uma das principais cidades de Ontário. Com pouco mais de 380 mil habitantes e situada a 200 quilômetros de Toronto e Detroit, nos EUA, é o lar da University of Western Ontario, da Fanshawe College, e vários hospitais. A cidade também possui vários parques e festivais.

Para quem mora em Ontário, quando se fala em London, é comum perguntar se é a de Ontário ou a da Inglaterra.

Stratford, Ontario

Teatro Royal Shakespeare em Stratford, Ontario. (Photo: Martin Kimla)

Situada a cerca de 60 quilômetros de Londres, a Stratford canadense, como a homônima inglesa, celebra tudo sobre Shakespeare. A cidade as margens do rio Avon (assim como a inglesa) tem pouco mais de 30 mil habitantes e, além de ser onde o Justin Bieber cresceu, é a terra da maior companhia de teatro de repertório clássico da América do Norte. Lá eles produzem clássicos, dramas contemporâneos e musicais, com ênfase nas peças de Shakespeare.

As peças de Stratford não estão acontecendo por causa da pandemia, mas ainda é possível caminhar ao longo do rio Avon e, para as fãs do Bieber, visitar o lado de fora do Teatro Avon, onde o então desconhecido cantor se apresentava para os turistas que passavam por ali.

Delhi, Ontario

Fachada do Museu do Tabaco em Delhi, Ontario (Foto: Monte Sonemberg)

Assim como Athens, Delhi (Déli em português) é também uma pequena cidade rural, só que fica no condado de Norfolk, no sul de Ontário. O nome Delhi é geralmente atribuído como uma homenagem à cidade indiana, já que na época da mudança (1856) a Índia estava sob o controle do Império Britânico.

Conhecida como o “Jardim de Ontário” pela abundância de frutas e vegetais cultivados ali, Delhi também tem o apelido de “Coração da Terra do Tabaco”.

A importância do tabaco é tão forte por ali que lá existe o Delhi Tobacco Museum & Heritage Centre, atualmente fechado devido a pandemia. Este é o único museu do tabaco do Canadá, onde abriga uma grande coleção agrícola que inclui exposições sobre tabaco, ginseng e agricultura alternativa cultivada no condado de Norfolk.
Visitar essas vilas e cidades pode não ser a mesma coisa que visitar aquelas famosas, mas algumas delas não deixam de ter seus próprios atrativos e podem ser boas pedidas para passeios e até morar.

DEIXE SUA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui