Comidas e bebidas — “Canadiana Cuisine”

Como se familiarizar com a linguagem que os canadenses realmente usam no dia a dia? Nesta série "Canadian English: Quirky, eh?" levamos os ouvintes a um mergulho no ambiente do Canadá, conversando sobre amenidades, reconhecendo alimentos exclusivos e navegando por regras gramaticais e expressões coloquiais. Ganhe familiaridade com o inglês canadense!

0
266

OUÇA EM INGLÊS

Gostou deste episódio? Clique no copo e nos pague um cafezinho 🙂

Leia abaixo a transcrição (original em inglês)

Canadiana Cuisine.
Types of food and drink

 Ganhe familiaridade com o inglês canadense

Olá! Hello! Bonjour! Bem-vindo e obrigado por sintonizar em um novo episódio da nossa série  Inglês canadense: peculiar, né? (Canadian English: Quirky, eh?). Vamos nos divertir e, com sorte, aprender um pouco ao longo do caminho, sobre alguns aspectos peculiares da língua inglesa. Em particular, o inglês canadense.

Pessoas de todas as culturas podem se orgulhar de suas receitas únicas, estilos de cozinha e pratos favoritos, que as colocam no mapa culinário. Meu nome é Larry e hoje vou falar sobre o meu assunto preferido: comida! Especificamente, tipos de comidas e bebidas originárias ou exclusivas do Canadá.

Civilizações foram construídas com base na dependência e acesso aos recursos alimentares locais: desde o tempo pré-histórico da caça dos mamutes, descrita no livro O Clã da Caverna do Urso” ‒ (cujo filme foi filmado no Canadá), passando pelo domínio do arroz na culinária asiática, até o sempre presente limão nos pratos mexicanos, as pessoas desenvolveram suas dietas com base em ingredientes regionais. É interessante que hoje, haja um movimento mundial que valoriza esse princípio de uso dos recursos locais, não é?

Não é nenhuma surpresa que o salmão da costa pacífica da Colúmbia Britânica seja considerado um dos melhores do mundo. Ou que a lagosta cultivada nas águas do Atlântico, nas proximidades da Nova Escócia, seja apreciada em toda parte.

As maçãs do Vale Okanagan, o xarope adocicado das árvores de bordo de Quebeque, as batatas da Ilha Prince Edward e o trigo Red Fife cultivado em Saskatchewan, todos esses são exemplos mundialmente reconhecidos da fartura do Canadá! Diz-se: “quando a vida lhe der limões, faça uma limonada”. Mas eu digo: “quando o Niagara Escarpment lhe der uvas, faça vinho!”.

A evolução da ciência e da tecnologia dos alimentos e o empenho criativo de certos cozinheiros são responsáveis ​​por transformar esses ingredientes básicos em receitas deliciosas!Aqui estão alguns exemplos de criações locais para experimentar:

Poutine

Este prato consiste de batatas fritas cobertas com coalhada de queijo cheddar branco, e tudo recoberto com molho de carne bem quente. Essa é a receita original criada em Quebeque, que agora é conhecida como comida nacional do Canadá. Vá entender!… Existem cadeias de restaurantes em expansão ao redor do mundo, que servem exclusivamente poutine em inúmeras variedades e com todos os ingredientes imagináveis.

Beaver Tails

Uma tarde de inverno com patinação no gelo no Canal Rideau, em Ottawa, não está completa até que você tenha saboreado uma rosquinha frita no formato da cauda chata dos castores! A versão clássica é coberta com açúcar mascavo e canela (como a nossa rabanada), mas existem dezenas de variações doces e salgadas para agradar a todos os gostos.

The Bloody Caesar 

Esta deliciosa variação do coquetel Bloody Mary combina vodka com o suco Clamato, que é uma mistura de sumo de amêndoa com tomate. O Bloody Caesar  foi inventado em Calgary, e agora está nos cardápios de bares em todo o mundo.

A Jigg’s Dinner

Vá para Newfoundland e delicie-se com um Jigg’s! Esse pode ser um jantar do tipo “feito em uma panela só”, juntando carne enlatada cozida, repolho, batatas e cenouras. Uma reconfortante porção de comida quente.

A Schmoo Torte and Apple Jacks

Um o quê? Tenho certeza de que há uma história engraçada por trás dessa sobremesa, que eu não conheço. Ainda assim, estou mais do que feliz em devorar as nozes, caramelo e chantilly que cobrem as camadas do bolo dessa comida dos deuses. Enquanto estiver em Winnipeg, experimente também as tortas artesanais Apple Jack.

Tourtiere

A receita desta torta de carne de Quebeque foi passada de geração em geração. Embora seja considerada uma comida caseira do dia a dia, a tourtiere nunca está ausente da ceia de Natal.

Butter Tarts

Enquanto os quebequenses preparavam suas tortas tradicionais de açúcar para ocasiões especiais, os padeiros de Ontário aperfeiçoavam-se na arte da torta de manteiga. Ambas são sobremesas requintadas feitas com massa tarte, açúcar caramelizado e…nada mais. Para mim, a torta de manteiga com passas ou nozes é um pedacinho do paraíso.

Alberta Beef

Diz-se que há tantas cabeças de gado, quanto pessoas em Alberta. E bem pode ser que os cuidados especiais dedicados ao gado sejam o motivo da boa fama da carne produzida pelos fazendeiros de Alberta.

Canadian Beer

Muitas marcas de cerveja são fabricadas com um teor alcoólico mais alto do que, digamos, a maioria das cervejas americanas. A icônica Molson Canadian é uma dessas marcas. E a marca Quebec’s Brador tem um teor alcoólico ainda mais alto. Mas precisamos beber com moderação, porque muita cerveja pode te dar barriga, um produto, aliás, bem pouco desejado!

Montreal Smoked Meat

Não há, realmente, como comparar qualquer outro sanduíche de pão de centeio com carne enlatada ao famoso Montreal Smoked Meat: fatias finas, macias e úmidas de carne defumada que derretem na boca, densamente empilhadas e temperadas com um pouco de mostarda amarela e picles de endro.

Screech, Scrunchions and Baie Qu’appelle jam!

Quando você for a Newfoundland, a sua noitada não termina até que você prove um pouco de screech, uma bebida de alto valor alcóolico (40%-by-volume run-based drink). Daí, você terá então, o desejo de comer torresmo de porco frito, chamado scrunchions. Por fim, compre um pote de geleia de abacaxi de presente para sua mãe e então, vá para a cama dormir.

Bison and Bannock

Nenhuma lista de comida canadense está completa sem um aceno aos tradicionais alimentos básicos das Primeiras Nações, como a carne de bisão, junto com bannock, um tipo pão achatado introduzido pelos primeiros comerciantes de peles.

Canadian Bacon

O que é conhecido como “bacon canadense” em outras partes do mundo, no Canadá é chamado de peameal bacon ou back bacon. Este lombo de porco curado, enrolado em fubá, cortado em círculos e frito é frequentemente, servido no café da manhã.  No Canadá, a barriga de porco cortada em fatias, ao estilo americano, é chamada simplesmente, de bacon.

Por ser um país multicultural, os canadenses apreciam comidas do mundo inteiro e também,muitos lugares do país são conhecidos pelas comidas tradicionais de seus ancestrais. No Canadá, abundam os mercados e restaurantes de comida étnica e você pode viajar pelo mundo sem sair de casa!

Não se esqueça de sintonizar em mais episódios desta série. Continuaremos falando sobre coisas que tornam o Canadá especial e, sim, um pouco peculiar! Esperamos que você tenha gostado do episódio de hoje. Dedique um momento para nos dar seu feedback e um “like” (joinha). Fique à vontade para escutar novamente e compartilhar com amigos e familiares.

Você ouviu Canadian English: Quirky, eh?, a série de podcast produzida pela Brazilian Wave Canada. Este projeto foi possível graças ao generoso apoio do Canada Periodical Fund. Se você deseja assistir a série e ter acesso aos episódios, exclusivos, faça login em waveplus.ca.

Até então, 

Catch you later!                                                                         

Adieu!

Tchau!

Stay healthy!

Ouça todos os episódios (EM INGLÊS)

Você pode escutar os podcasts da Wave nas seguintes plataformas:
Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | JioSaavn | Podcast Addict | Podchaser | Spotify | Spreaker | YouTube