I’ll take “Canadian music” for $500, Alex — Músicas e ícones

Como se familiarizar com a linguagem que os canadenses, realmente, usam no dia a dia? Nesta série "Canadian English: Quirky, hein?" levamos os ouvintes a um mergulho no ambiente do Canadá, conversando sobre amenidades, reconhecendo alimentos exclusivos e navegando por regras gramaticais e expressões coloquiais. Ganhe familiaridade com o inglês canadense.

0
50

OUÇA EM INGLÊS

Tradução (Áudio e transcrição original em inglês)

I’ll take “Canadian music”
for $500, Alex

 Ganhe familiaridade com o inglês canadense

Olá! Hello! Bonjour! Bem-vindo e obrigado por sintonizar em um novo episódio da nossa série  Inglês canadense: peculiar, né? (Canadian English: Quirky, eh?). Vamos nos divertir e, com sorte, aprender um pouco, ao longo do caminho, sobre alguns dos aspectos mais peculiares da língua inglesa. Em particular, o inglês canadense.

O podcast de hoje é sobre um assunto que é caro aos nossos corações canadenses: música.

  • Das melodias dos lenhadores do norte aos coureurs de bois (comerciantes) e chansonniers (cancioneiros) franco-canadenses …
  • De La Bolduc, a cantora Gaspé que conquistou corações ao redor do mundo durante os sujos anos 30, à superstar internacional Celine Dion, embalando Las Vegas …
  • Dos ícones ocidentais Joni Mitchell e kd lang ao headliner do Super Bowl, The Weeknd ..,
  • Do galã adolescente Paul Anka dos anos 60 (ainda tocando para multidões em Vegas) até o galã adolescente de hoje…

Amamos a nossa música e o mundo, também!

Meu nome é Larry e a edição de hoje é apresentada na forma de um concurso. Daí o título: Dou $ 500 na  “Música Canadense”, Alex. É uma homenagem ao falecido Alex Trebek, apresentador do Canadian Hall-of-Fame (Hall da Fama canadense) do America’s Favourite Game Show (Programa de Jogos Favorito da América), Jeopardy. 

Seria errado falar sobre a música canadense sem mencionar os artistas acima, juntamente com as superestrelas Leonard Cohen, Bryan Adams, The Guess Who, Rush, Anne Murray, Alessia Cara e Drake. Essa lista continua indefinidamente, mas temos que fixar um limite!

Portanto, o desafio de hoje se concentra nas canções que nomeiam o Canadá, ou uma cidade canadense, ou um marco no título ou na letra. Quantas você conhece? Chegamos a dez e adoraríamos ouvir sobre qualquer um que tenhamos esquecido.

  1. Oh! Canada!

Esta é moleza. Todo mundo ganha um ponto pelo Hino Nacional de Calixa Lavallée. Mas você ganha um ponto extra se puder cantar a nova letra, substituindo “all thy sons command”. Essa discussão tem causado uma verdadeira confusão no Canadá por décadas, e foi, finalmente, alterada para uma versão neutra, em relação ao gênero, em 2018.

  1. Farewell to Nova Scotia 

Uma homenagem folclórica à costa marítima da província da Nova Escócia.

  1. Canadian Railroad Trilogy

Nosso amado trovador Gordon Lightfoot conta a história das provações e tribulações da construção da ferrovia cross-country.

  1. The Wreck of the Edmond Fitzgerald

 “The legend lives on from the Chippewa on down of the big lake they called Gitchee Gumee.” (A lenda continua viva desde o Chippewa até o grande lago que eles chamavam de Gitchee Gumee). Esta é outra saga clássica do grande Gordon Lightfoot.

  1. Bobcaygeon

Em uma música mais recente de outro Gord – Gord Downie and the Tragically Hip –, ele canta sobre um policial de Toronto que se desestressa passando seu tempo livre nesta popular e rural cidade das festas:

“It was in Bobcaygeon, I saw the constellations (Foi em Bobcaygeon, eu vi as constelações)

Reveal themselves one star at a time.” (Revela-se uma estrela de cada vez.)

  1. Alberta Bound

Esta homenagem à província natal é de Paul Brandt, um premiado artista de música country que se tornou popular nos anos 90.

  1. Un canadien errant

Uma clássica canção de amor ao Canadá, cantada por um rebelde banido de seu país.  A música “The Wandering Canadian” (O canadense errante) foi regravada por muitos artistas ao longo dos anos, mas foi escrita em 1842 por Antoine Gérin-Lajoie após a Lower Canada Rebellion de 1837-38. Alguns dos rebeldes foram condenados à morte, outros forçados ao exílio. Uma época muito triste.

  1. I Just Wanna Stop 

Gino Vannelli escreveu e cantou este sucesso em 1978. Vendeu milhões de discos e ainda faz com que os frequentadores se levantem com a frase de abertura: “When I think about those nights in Montreal…” (Quando penso naquelas noites em Montreal…).

  1. The Hockey Song

Todas as nações do mundo, que jogam hóquei, gostariam de reivindicar o “Good ol’ Hockey Game”. E eles podem se safar até o momento do Stompin ‘Tom Connors  gritar, já perto do final: “Henderson scores for Canada” (Henderson marca para o Canadá!!!).  Neste momento, fica claro de quem é o hino.

  1. Hockey Night Theme

Tecnicamente, essa música não tem letra (que eu saiba), mas sempre sinalizará o início da Noite do Hóquei no Canadá, embora tenha mudado desde então. Portanto, realmente não atende aos critérios para este concurso, mas … meu jogo, minhas regras.

Então, quantos pontos você marcou? Se você tiver outros títulos para adicionar à nossa lista, informe-nos em waveplus.ca.

Esperamos que você tenha gostado do episódio de hoje. Dedique um momento para nos dar feedback e um “like” (joinha). Fique à vontade para escutar novamente e compartilhar com amigos e familiares.

Você ouviu Canadian English: Quirky, eh? a série de podcast produzida pela Brazilian Wave Canada. Este projeto foi possível graças ao generoso apoio do Fundo de Periódicos Canadenses. Se você deseja assinar a série e ter acesso aos episódios exclusivos, faça login em waveplus.ca.

Até a próxima, 

Catch you later!                                                                         

Adieu!

Tchau!

Stay healthy!

Ouça todos os episódios (EM INGLÊS)

Você pode escutar os podcasts da Wave nas seguintes plataformas:
Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | JioSaavn | Podcast Addict | Podchaser | Spotify | Spreaker | YouTube