Toronto – Adeus a Carlito Palmeira Melo. Músico, pintor e artista multimídia

EM MEMÓRIA DE CARLITO PALMEIRA MELO (1938 – 2018)

0
518
Carlito Palmeira Melo. Quimico, pintor, musico, artista multimidia.

A versatilidade de Carlito abraça a ciência, a música e as artes plásticas.

Carlito sempre foi um artista talentoso e versátil. Nos últimos anos vinha trabalhando com um mix de materiais, cores e formas. As últimas peças de Carlito Palmeira combinam couro natural, metal, plástico, resinas sintéticas, madeira e fibra de vidro. Seus projetos vão de Artes Plásticas a Design de Móveis e Objetos de Decoração. Neles predominam sempre linhas curvas e formas arredondadas. Ao ser perguntado sobre sua arte e seu estilo, Carlito sempre fez questão de enfatizar: “Não adoto estilos nem sigo  tendências. Minhas criações simplesmente refletem imagens do meu Universo interior e das coisas  ao  meu redor”.

“E agora, o fim está próximo, e então eu encaro a cortina final, meu amigo, vou dizer claro Eu declararei o meu caso, de que tenho certeza, vivi uma vida cheia, viajei por todas as rodovias, mas, muito mais do que isso, fiz o meu caminho ” – My Way por Paul Anka, voz de Frank Sinatra.

Carlito Palmeira Melo (1938-2018)
Carlito Palmeira Melo (1938-2018)

Nossa despedida

E foi assim que oferecemos nossa despedida ao Carlito Palmeira Melo no domingo, dia 4 de fevereiro de 2018, no Mount Pleasant Funeral Centre de Toronto.

Carlito foi casado com Dalva Melo, ex-vice-consul do Brasil em Toronto, que estava presente. Erson Gonçalves liderou um eloquente serviço espiritual bilingue. A passagem do evangelho foi: “A necessidade de amar”, de acordo com Paulo, o Apóstolo (Coríntios, 13: 1-7 e 13).

“Se eu posso falar nas línguas dos homens e dos anjos, mas não tenho amor, serei como o bronze que soa e um címbalo que retine. Se eu tenho o dom da profecia e posso entender todos os mistérios e todo conhecimento, e tenho uma fé que pode mover montanhas, mas não tenho amor, não sou nada … E agora estas três virtudes permanecem: fé, esperança e amor. Mas o maior destes é o amor “.

A Oração das Caritas fez parte do serviço. As reflexões foram feitas pela filha de Carlito, Giselle, e pelo melhor amigo Keith. Um video intitulado “Carlito’s Way” foi produzido por seu filho Sidney em seu tributo.

A despedida final foi um tributo especial da Capoeira Camará com a participação dos convidados. Foi feito na tradição baiano-brasileiro, assim como Carlito teria gostado e apreciado. Embora os funerais sejam tristes, saí me sentindo inspirada pela vida do Carlito e pela mensagem de amor que ele deixou.

Carlito nasceu em Ilhéus, na Bahia, mas cresceu na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. Ele imigrou para o Canadá em 1968 e mais tarde tornou-se cidadão.

Carlito é um ícone lendário brasileiro-canadense que promoveu o amor, a paz e a esperança.

Tudo que fez foi com excelência, profissionalismo, diplomacia e precisão. Ele era um químico profissional, formado pela Universidade de Toronto, músico, artista plástico e empresário realizado. Ele promoveu a cultura brasileira através das artes. O carnaval brasileiro em Toronto tornou-se sinônimo de seu nome. Carlito = Samba. Samba = Carlito. Ele criou a banda Rio Connection para dar vida a esse evento anual. Amigos de todo o mundo expressaram gratidão de que o Mestre Carlito os apresentou à “Caipirinha”.
Ele era um membro respeitado do Freemason.

Em sua reflexão, sua filha Giselle, referiu-se a ele como “Meu Capitão” e “O Químico”. Ele educou e advertiu seus filhos sobre os componentes químicos encontrados em certos alimentos, especialmente coca-cola e o corante de cor vermelha.

Ele deixou suas impressões no coração de todas aquelas vidas que ele tocou.

Eu me despeço com a música famosa de Irvin Gordon, “Inesquecível”!

Até nos encontrar novamente meu amigo…

AS OBRAS DE CARLITO PALMEIRA PODEM SER VISTAS EM SEU SITE OFICIAL

WWW.CARLITOPALMEIRA.COM

Visite o site oficial de Carlito Palmeira e conheça as suas obras em couro, óleo, técnica mixta, arquitetura, móveis e tantas outras peças desenvolvidas pelo artista.