Toronto – As verdadeiras pérolas da Mary’s Brigadeiro

Entrevista feita por Dolores Gontijo.

443

Uma empresária que chegou ao Canadá disposta a conquistar espaço para o brigadeiro, um docinho que é uma espécie de marca registrada do Brasil.

Mary, dona da Mary’s Brigadeiro (Foto por Dolores Gontijo)

Mariane Oliveira, dona da Mary’s Brigadeiro encontrou desafios e também apoio para o seu projeto. Ela recebeu a Wave para contar um pouco da sua história de sucesso.

Wave: Quando você chegou ao Canadá? O que a trouxe aqui?
Mary: Imigrei para o Canadá em dezembro de 2014, com a ideia planejada durante 2 anos e um Business Plan para apresentar ao Enterprise Toronto. Novos desafios no âmbito pessoal e profissional. Migrar traz novas perspectivas, faz você sair da sua zona de conforto e indo além de conhecimento, isso me trouxe ao Canadá.

Wave: Qual sua profissão no Brasil?
Mary: Sou formada em Administração de Empresas e seguia na área de Recursos Humanos.

Wave: Como foi a sua chegada ao Canadá?
Mary: Foi tranquila, cheia de curiosidade, com coração e mente abertos para um novo despertar. Calorosa e pude contar com o suporte de canadenses e imigrantes que abriram suas portas.

Wave: Você teve dificuldades em se adaptar?
Mary: As dificuldades se tornaram oportunidades para o meu crescimento pessoal e profissional. Desafios em lidar com a abertura legal da empresa num novo país, como tornar um pequeno investimento em sucesso e se consolidar no mercado, a introdução de um novo produto adaptado para a Norte América sem perder suas raízes. Desafios pessoais como o novo idioma, superado com o aprofundando dos estudos, pensando no mercado que queria atingir.

Brigadeiros da Mary’s Brigadeiro. (Foto por Dolores Gontijo)

Wave: Como é sua vida no Canadá? Quando sentiu que já estava pronta para investir em seu próprio negócio aqui no Canadá?
Mary: Desde o início eu sabia o que queria e tinha bem planejado antes da minha vinda definitiva ao país, então era uma questão de tempo para abrir meu próprio negócio no Canadá. Em minha primeira viagem ao país, em dezembro de 2012, senti uma abertura no mercado de chocolates de pequenos artesãos, com ingredientes naturais, produtos locais, frescos. Chocolate de verdade que não dura anos no mercado. Pesquisei e exclui empresas grandes como Godiva e Lindt, veio a ideia de abrir minha empresa focada nos Brigadeiros artesanais adaptados ao mercado da Norte América.

Wave: Quais as suas expectativas para este ano de 2018?
Mary: Estamos trabalhando para expansão do negócio em locais vizinhos à cidade de Toronto onde o produto ainda não foi explorado. Selecionamos parceiros com os quais queremos trabalhar e nos concentramos em oferecer o melhor para os melhores, tais como o mercado de luxo Pusateris em Toronto, localizado dentro da famosa loja Saks no Shopping Eaton Centre, que centraliza os melhores produtos locais e internacionais. Desde o lançamento junto à loja, a resposta do mercado foi positiva e imediata ao novo produto. A grande oportunidade para o ano de 2018 será a abertura da primeira loja conceito do Canadá dedicada ao Brigadeiro artesanal e produtos similares, estamos trabalhando duro para concretização do sonho.

Faça o que você gosta, explore todas as ideias e possibilidades do negócio e faça conexões

Wave: Qual a melhor época do Ano para você aqui no Canadá?
Mary: O Natal é a melhor época para o negócio aqui no Canadá, temos oportunidade de criar e lançar novos produtos, o número maior de pessoas que visualizam e conhecem a marca através das festas de final de ano e os presentes corporativos,  isto nos faz mais evidentes no mercado.

Wave: Que conselho daria para uma mulher que pensa em investir em seu próprio sonho?
Mary: Não se limite ao que você viveu até o momento, independentemente da sua origem, raça, cor, etnia, aprendizado, vá sempre em busca daquilo que lhe faz feliz e tenha significado. Faça o que você gosta, explore todas as ideias e possibilidades do negócio e faça conexões, há sempre alguém que pode complementar com uma ideia o seu negócio e quanto mais você troca informações, se reúne com pessoas que irão somar ao seu negócio, mais você abrange a capacidade de inovação e solução de problemas. E por último, acredite… não há tempo certo.