Brasileiros homenageados no Consulado em Toronto

127

A cônsul-geral do Brasil em Toronto Ana Lélia Benincá Beltrame presidiu nesta quarta-feira, 12 de setembro, a cerimônia de entrega da medalha da Ordem do Rio Branco aos professores Tirone David e Ricardo Sternberg.

Dr. Tirone David e Ricardo Sternberg sendo homenageados no Consulado-Geral do Brasil em Toronto

A Ordem de Rio Branco foi instituída pelo então Presidente da República, João Goulart, pelo Decreto n° 51.697, de 5 de fevereiro de 1963. A medalha é destinada a premiar os que, por qualquer motivo ou benemerência, se tenham tornado merecedores do reconhecimento do Governo Brasileiro, servindo para estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção, bem como para distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas. Pode ser conferida a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras.

Professor Tirone David, natural de Ribeirão Claro, no Paraná, é um cirurgião cardíaco e professor da Universidade de Toronto radicado no Canadá. Dr. David é conhecido por ter desenvolvido inúmeros procedimentos cirúrgicos para tratar pacientes com doença orovalvar e aneurisma de aorta. Ele desenvolveu uma operação, geralmente chamada de “técnica de David”, para preservar a valva aórtica em pacientes com aneurisma de raiz da aorta, como pode ocorrer em portadores da síndrome de Marfan.

Nascido no Rio de Janeiro, Brasil, Professor Ricardo Sternberg mudou-se para os Estados Unidos com sua família quando tinha quinze anos. Ele recebeu um B.A. em literatura inglesa da Universidade da Califórnia, Riverside e um M.A. e Ph.D. na literatura comparada da UCLA. Entre 1975 e 1978, ele foi um membro junior da Society of Fellows na Universidade de Harvard. Sua poesia foi publicada em revistas como The Paris Review, The Nation, Poesia (Chicago), Descant, American Poetry Review, The Virginia Quarterly Review e Ploughshares. Ricardo vive em Toronto desde 1979, ensinando brasileiros e Literatura Portuguesa na Universidade de Toronto.

Foto: Dolores Gontijo / Fonte: Wikipedia