Entrevista | A história motivadora e inspiradora do piloto de corrida brasileiro Tony Kanaan.

Tony Kanaan é descrito em sua biografia em sua página no Facebook como campeão da Indy 500 Champion de 2013 500 Champion de 2013, campeão 2004 da IndyCar Champion, um pai, casado com Lauren Bohlander, uma estrela de "reality show" americana, apresentador de televisão e repórter e triatleta amador. Ele também é co-fundador do Instituto Barrichello Kanaan, uma instituição de caridade brasileira voltada ao apoio a crianças, jovens e idosos em situação social vulnerável, estabelecendo parcerias com outros institutos e oferecendo apoio técnico e financeiro a programas de promoção do resgate do patrimônio. unidade familiar.

0
166

Por Rosemary Baptista

Tony Kanaan é piloto de Formula Indi. (Foto: Joe Skibinski)

Rosemary conduziu uma entrevista com Tony na quinta-feira, 11 de julho, alguns dias antes da Honda Toronto Indy 2019, em Toronto, para a Wave.

WAVE: Quais são as suas aspirações para a Honda Toronto Indy 2019? Você estará usando o No. 14 ABC Supply Dallara-Chevrolet?

KANAAN: Sim, eu vou dirigir o carro nº 14. Este foi um ano difícil, mas espero que tenhamos uma boa corrida este ano, pois é um curso que gosto muito.

WAVE: Sua história de vida pessoal e profissional é inspiradora e motivadora. Como você descreveria a experiência de transição de riquezas para trapos e de se tornar um piloto de corridas profissional com um patrimônio líquido de 20 milhões de dólares? De onde você tirou sua força e resiliência?

KANAAN: A verdade é que perdi meu pai na minha infância. Eu sabia que não ia ser fácil. Nós, brasileiros, tendemos a ter essa tenacidade natural e espírito de lutador. Os brasileiros são guerreiros naturais. Eu sempre acreditei que isso funcionaria. Eu trabalhei e vivi dentro de uma garagem. Assim, consegui alcançar meus objetivos por meio de muito trabalho e resiliência.

WAVE: Você é brasileiro nascido com descendência libanesa, que morou na Itália e atualmente mora nos EUA. Com qual cultura ou etnia você mais se identifica?

KANAAN: Eu nunca perdi meu espírito brasileiro; Eu ainda amo muito o Brasil. Eu tenho muita família no Brasil. Embora eu tenha vivido nos EUA por 22 anos e aprecie a maneira como o país é governado, meu coração sempre será brasileiro.

Tony Kanaan com esposa e filhos. (Foto: Stephen King)

WAVE: Você preserva sua cultura, costumes e práticas brasileiras / libanesas em casa?

KANAAN: Embora meus pais fossem libaneses, nunca estive no Líbano. Em termos de cultura, sou cem por cento brasileiro. É difícil fazer uma comparação porque não fui exposto à cultura libanesa, exceto a comida que ainda comemos.

WAVE: Quais são as coisas que mais sentem falta da sua cultura brasileira e libanesa?

KANAAN: Para falar a verdade, meus amigos e comida brasileira.

WAVE: Quais são as partes mais difíceis de ser um piloto de corridas?

KANAAN: Tempo. O treinamento leva todo o meu tempo. Eu tenho uma esposa e quatro filhos, e nosso tempo de qualidade juntos é afetado. Infelizmente, tudo na vida tem seu preço. Eu devo manter meu foco durante todo o ano e não posso me distrair.

WAVE: Como você compararia a competição ironman com as corridas de carros?

KANAAN: Embora estes sejam dois esportes diferentes, mentalmente eles são muito parecidos, exigindo uma mente forte e muita persistência e concentração.

WAVE: O que faz um piloto de carros de corrida vencedor?

KANAAN: Estar aberto para aprender e dedicar cem por cento do seu tempo e sua vida, para que você seja bem sucedido.

WAVE: Como você lida com espirros ou vontade de ir ao banheiro durante uma corrida?

KANAAN: A adrenalina durante as corridas ajuda com isso. Ouvi dizer que quando o desejo atinge alguns pilotos durante uma corrida, eles se aliviam enquanto dirigem e trocam de roupa depois.

WAVE: Qual é o carro que você mais se divertiu enquanto dirigia? Corrida ou carro normal?

KANAAN: Carro de corrida. Quando estou em casa, uso uma forma de transporte que promove a saúde, como caminhar e correr.

WAVE: O que é mais importante em corridas – uma parte superior do corpo, uma parte inferior do corpo ou um núcleo forte?

KANAAN: Você precisa de uma parte superior do corpo forte para controlar a turbulência e a alta velocidade de 400 km por hora. É muito difícil.

WAVE: Você acha que jogos de corrida ou simuladores de videogames podem dar uma vantagem aos pilotos antes de entrar em uma corrida?

KANAAN: Eles ensinam você a aprender a pista, mas eles não são sofisticados o suficiente para transferir um teste do computador para a pista de corrida, para dirigir um carro de corrida e ir rápido.

WAVE: Como a tecnologia mudou a corrida de carros?

KANAAN: Os carros são muito sofisticados; eles precisam dos computadores mais do que o motorista do carro de corrida. Somos um laboratório que transfere o que aprendemos na pista para dirigirmos na rua.

WAVE: Os carros consomem muita energia antes de chegarem à estrada aberta. … A maior parte do impacto ambiental de um automóvel, talvez entre 80% e 90%, se deve ao consumo de combustível e às emissões de gases poluentes e gases do efeito estufa, que os cientistas do clima dizem estar gerando o aquecimento global.

KANAAN: Embora eu apoie nosso ambiente, este é um tópico complexo. Para responder com precisão e eficácia, é necessário um certo nível de conhecimento científico, portanto, não posso fazer comentários adicionais.

WAVE: Qual é o seu conselho para alguém que está querendo seguir a carreira como piloto de carros, mas está enfrentando dificuldades financeiras?

KANAAN: Faça como eu, trabalhe duro, bata nas portas para apoio dos patrocinadores e nunca desista do seu sonho!

WAVE: Qual a sua opinião sobre os veículos autônomos totalmente elétricos?

KANAAN: É valioso. Isso ajudará a reduzir as emissões de poluição do ar. Eu não acredito que só teremos carros elétricos, mas faz parte da nossa evolução.

WAVE: Qual teria sido a sua segunda opção de carreira se você não tivesse seguido a carreira de campeão e piloto profissional?

KANAAN: policial

WAVE: Que mensagem, palavras de sabedoria você gostaria de deixar para os nossos leitores?

KANAAN: Siga sempre seus sonhos! Para todos os meus fãs, familiares e amigos: Obrigado por seu apoio e amizade.

“Essa entrevista me deixou inspirada e motivada. Tony aparenta viver de acordo conforme a citação do filósofo chinês, famosa, o Confúcio: “Escolha um emprego que você ame e nunca terá que trabalhar um dia em sua vida.” Sua paixão, compromisso, resiliência e espírito guerreiro são admiráveis ​​e contagiantes. ” Rosemary Baptista