Música popular brasileira aquece os corações imigrantes na cidade de Winnipeg 

0
216

Localizada entre dois rios e famosa por seu clima instável, Winnipeg possui a sétima região mais populosa do Canadá. Famosa por abrigar muita arte, a cidade abriu espaço também para a cultura brasileira. 

Marco Castillo se apresenta com o nome de Marcos Castillo & Brazilian Beats Band. (Foto: divulgação)

Criado em berço musical, Marco Castillo acompanhava os ensaios do pai. Rock, jazz, blues, música clássica – escuta e toca de tudo, mas se considera um músico popular, priorizando sempre o que afirma ser uma das melhores coisas do Brasil: a MPB. Há treze anos na capital de Manitoba, trouxe para a cidade o trabalho que já realizava no Brasil: ser músico. As apresentações levam o nome de Marcos Castillo & Brazilian Beats Band.

O repertório depende da ocasião e vai de Tom Jobim a Hermeto Pascoal, passando por Chico Buarque e Edu Lobo, com uma pitada de músicas autorais. Para início de 2020 planeja uma turnê na Costa Oeste, com um show em fevereiro em BC junto uma Orquestra de Jazz e participação especial do brasileiro Kiko Freitas.

Luana Cunha and Marcos Martins perform under the name Sarau Carioca.

Formado pela dupla Luana Cunha e Marcos Martins, nascidos na cidade do Rio de Janeiro, o Sarau Carioca também está na cena musical de Winnipeg. Eles contam que ao se conhecerem surgiu logo uma afinidade musical. 

Ele trazia na bagagem – influenciada pelo pai – samba, choro, brega e repentistas nordestinos. A juventude adicionou rock e heavy metal e uma paixão enorme pelo violão. Ela, com formação gospel e amor pelo piano, esteve envolvida em projetos musicais desde a infância e já se apresentava na adolescência em festas de conhecidos com shows da música popular. 

Do envolvimento comum com o samba e a bossa nova, surgiu o Sarau Carioca. O repertório é formado por Cartola, Noel Rosa, Lupicínio Rodrigues, Adoniran Barbosa, entre outros clássicos da música brasileira. O nome veio da vontade de expressar a nossa cultura e arte nas terras geladas através da música.

Os shows são muito bem recebidos pelas pessoas. Um grande número de canadenses e outros imigrantes que habitam Manitoba são atraídos pelo novo, pelo diferencial que tem para eles a música brasileira.

“A aceitação do público é maravilhosa. O povo canadense é muito educado, inclusive musicalmente.” disse Marco Castillo

Além deles, a própria comunidade brasileira abre espaço para apreciar a música nacional. Em restaurantes típicos ou em eventos relacionados ao nosso país, sempre há uma brecha para essa que é a nossa mais bela arte: a música.