O idioma português como herança culturalpara crianças brasileiras

Para muitas famílias expatriadas a manutenção da língua portuguesa como língua de herança tem sido um grande desafio, especificamente na cidade de Toronto, que já teve uma época de ouro. Há algum tempo atrás, contamos com a atuação de algumas iniciativas que proporcionaram às crianças o contato com a língua portuguesa através de vivências na cultura brasileira. Encontrar algo nessa linha hoje em dia está bem raro. Até temos alguns eventos voltados ao público adulto, mas iniciativas como leitura de contos, folclore, manifestações culturais como vivência em bailinhos de carnaval ou festas juninas voltados para o público infantil, são bem difíceis de serem vistas hoje em dia.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, entende-se que a “Língua de Herança” é fruto da estreita relação entre língua, identidade e cultura, uma vez que a herança que está sendo passada de uma geração a outra não corresponde apenas a habilidades linguísticas, mas também à cultura, aos costumes do país de origem do(s) pai(s) e aos valores familiares. Sua importância é extremamente relevante no que diz respeito à comunicação afetiva e efetiva com os avós, primos e os demais parentes que ficaram na terrinha.
O saber falar português ajuda a estreitar os vínculos com a família, a dar a sensação de pertencimento, abre as janelas para o entendimento das manifestações culturais brasileiras, e ajuda a despertar a tolerância ao que é diferente. Além de tudo isso, proporciona a essa criança a oportunidade de se tornar um adulto bilíngue, o que é uma habilidade profissional bastante positiva nos dias atuais.

Há inúmeras iniciativas em várias partes do mundo de brasileiros expatriados que dedicam um pouco de seu tempo para promover ações que estimulem o gosto pela cultura brasileira nas crianças. Se pesquisarmos em redes sociais, encontramos excelentes exemplos na Europa, Ásia e até na Oceania. Contudo, infelizmente essa não é a realidade atual de Toronto. O Ciranda Brasileira, instituição sem fins lucrativos que proporcionava excelentes cursos, vivências e eventos presenciais e virtuais voltados para a cultura brasileira, infelizmente encerrou suas atividades logo após a pandemia. O distrito escolar da cidade de Toronto, por sua vez, oferece cursos gratuitos de língua portuguesa em algumas de suas escolas, mas a oferta ainda torna-se limitada levando em consideração a localização dessas escolas e o número de procura. Além do mais, tais cursos são voltados mais à gramática da língua portuguesa (de Portugal) e não exploram a cultura brasileira impressa ou falada. Em todo caso, mediante a escassez de iniciativas dessa natureza, é uma opção para algumas famílias nos dias atuais.
Outra estratégia muito utilizada pelas famílias é o idioma de casa, conhecido como “Home Language”, ou seja, a partir do momento que as crianças entram em casa, a língua falada no aconchego do lar é o português. Assim, elas têm a oportunidade de manter o idioma pelo menos no seu núcleo familiar.

Um bailinho de Carnaval com confete e serpentina, um samba, um frevo, uma festa junina ao som de Luiz Gonzaga, o Saci Pererê, os povos indígenas brasileiros… Quanta cultura, quanta riqueza que nossos brasileirinhos expatriados poderiam estar tendo a oportunidade de conhecer e vivenciar. Que a consciência da importância de um legado tão rico como este possa despertar na nossa comunidade o querer fazer acontecer e unir forças que tragam de volta iniciativas que proporcionem essa vivência aos brasileirinhos/canadenses que cá estão.


Alecsandra Maciel é mãe de dois meninos. Formada em Letras, Pedagogia e Publicidade tem mais de 20 anos de experiência em sala de aula. Pós-graduada em Linguística, é coautora do livro “De Outro Lugar”. Atualmente vive e leciona em Toronto.

Visite o site do Ministério das Relações Exteriores: https://www.gov.br/mre/pt-br/consulado-londres/portugues-como-lingua-de-heranca-1

Advertisement